sábado , 24 fevereiro 2024
Home / Destaque / Ao lado Domingos e Amarílio, Roberto Cláudio inicia campanha no Mercado Central: “Tradição”

Ao lado Domingos e Amarílio, Roberto Cláudio inicia campanha no Mercado Central: “Tradição”

Tradição, simbolismo e um pouco de superstição moveram o candidato Roberto Cláudio (PDT) a escolher o Mercado Central de Fortaleza para iniciar sua campanha em busca do Palácio da Abolição. No lugar, que também já foi palco para o começo de suas duas jornadas nas eleições para a prefeitura da Capital, o pedetista afirmou na manhã desta terça-feira, 16, que pretende “massificar” a mensagem da sua chapa eleitoral por todo Ceará

O político chegou ao equipamento por volta das 8h20min para dar início à campanha de rua. Acompanhado do vice-candidato a governador Domingo Filho (PSD) e de Amarílio de Macêdo (PSDB), concorrente ao cargo de senador, RC percorreu os corredores do estabelecimento, onde foi cumprimentado por apoiadores e saudou comerciantes.

“Aqui tem uma certa tradição nossa. Toda a campanha minha começou por aqui, as campanhas do Cid (Gomes) também começaram por aqui. Então, a gente tem essa tradição e resolvemos começar com essa tradição. (….) É um espaço que representa muito o Ceará, é o mercado turístico de Fortaleza, mas que tem a alma das tradições, da cultura, do artesanato, das expressões das mais diversas regiões do Ceará. Tem muito simbolismo envolvido aqui, muita tradição e uma superstiçãozinha também, né? Que sempre faz bem”, disse Roberto durante entrevista.

A agenda de campanha do candidato seguiu rumo ao município de São Gonçalo do Amarante, passando por Aracati e concluindo em Tauá. “Eu sou mais conhecido na região metropolitana de (Fortaleza), o Domingos, é mais conhecido no interior, o Amarílio ainda precisa ser mais conhecido ainda. Então, a gente está se apresentando, apresentando as nossas biografias, o que nós já realizamos, qual é a nossa experiência e, ao mesmo tempo, massificar também algumas das principais propostas de compromissos”, afirmou RC.
O pedetista apresentou como prioridades na sua agenda eleitoral a geração de emprego e renda, redução das desigualdades regionais, combate direto às facções criminosas, além do enfrentamento às filas de exames, consultas e cirurgias eletivas. O político ainda definiu a educação como “eixo estruturante” do seu programa.
Durante o percurso no Mercado Central, Roberto minimizou os últimos embates com ex-aliados. “Não sou de fazer crítica”, disse. Recentemente, o ex-prefeito de Fortaleza havia destacado como falha da gestão do ex-governador Camilo Santana (PT) questões relacionadas a facções criminosas e a espera por cirurgia nos hospitais públicos do Estado. Na época, o petista reagiu dizendo que era “mais digno assumir suas responsabilidades e não terceirizar culpa pelos problemas”.
“Eu sou de interpretar o sentimento e o coração do povo. Ninguém pode ser governador ou se propôr a ser governador e vice-governador do Ceará se não conseguir interpretar o coração da nossa gente, que está sofrido, né? E não é culpa especificamente de A, de B, de C. É uma realidade. E o nosso compromisso é com essa gente, é com o nosso povo, é com o futuro dos cearenses”, concluiu.
Imbróglio com candidatura ao Senado
Embora estivesse ao lado de RC, a participação de Amarílio nas eleições ainda é dúvida. O ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou nesta segunda-feira, 15, um recurso que solicitava a suspensão do mandado de segurança que reconduziu Chiquinho Feitosa ao comando da federação PSDB/Cidadania no Ceará. Com a decisão, os partidos mantêm a neutralidade nas eleições para o Governo do Estado, que foi decidida em uma tumultuada convenção realizada no dia 4 de agosto.
À decisão ainda cabe recurso no TSE. Antecipando-se a um desfecho desfavorável, o PDT inscreveu a vereadora Enfermeira Ana Paula (PDT) como candidata ao Senado.
Fonte:opovo

 

Sobre Sertão Midia

Veja Também

Gretchen recebe alta após cirurgia para retirada do útero: ‘Sem dor’

Após passar por uma cirurgia para a retirada do útero, Gretchen passa bem e já está de ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.