sexta-feira , 23 fevereiro 2024
Home / Destaque / Farmácia popular garante tratamento para 11 doenças, oferta mais de 40 medicamentos e ganha mais benefícios: o que esperar da nova fase do programa

Farmácia popular garante tratamento para 11 doenças, oferta mais de 40 medicamentos e ganha mais benefícios: o que esperar da nova fase do programa

Com o propósito de complementar a oferta de medicamentos na atenção primária à saúde pública, em parceria com drogarias da rede privada, o Farmácia Popular, programa do governo federal criado em 2004, foi repaginado e relançado duas décadas depois com novos benefícios e diretrizes.

Uma delas traz vantagens significativas sobretudo para os inscritos no Bolsa Família, que passarão a ter acesso a uma extensa lista de mais de 40 medicamentos, já disponíveis pelo programa. Ao todo, o Farmácia Popular contempla o tratamento para 11 doenças.

Nessa nova fase do Farmácia Popular, tais medicamentos, que são divididos entre gratuitos e aqueles com descontos de até 90%, serão ofertados totalmente sem custo para quem recebe o auxílio do governo.

Nessa lista, estão quatro tipos de anticoncepcionais, dois tratamentos para a Doença de Parkinson, três apresentações da sinvastatina (utilizada no controle do colesterol), três opções para o controle da rinite e até mesmo fraldas geriátricas e absorventes femininos.

Assim, diversas famílias terão acesso facilitado a recursos para garantir cuidados e tratamentos essenciais para a saúde.

Com as mudanças mais recentes, dados do governo indicam que o Farmácia Popular apresentou o melhor resultado dos últimos quatro anos, com 22 milhões de brasileiros tendo acesso a medicamentos gratuitos ou com preço subsidiado.

Desse total, até novembro de 2023, cerca de 536 mil cearenses foram atendidos. Com isso, aproximadamente 40 mil pessoas, que haviam deixado de receber remédios em 2022, conseguiram acesso a tratamento.

Interseção entre saúde pública, equidade e economia

Como resultado, avalia o gestor em saúde e especialista em medicina preventiva e social, Álvaro Madeiro Neto, o Farmácia Popular oferece uma visão valiosa sobre a intersecção entre saúde pública, equidade е economia.

“Em termos econômicos, o Farmácia Popular tem sido eficiente. Com aumento de 8,8% em 2023 no acesso a medicamentos em comparação a 2022, o programa não apenas atende às necessidades imediatas de saúde da população, como também contribui para a prevenção de condições crônicas, reduzindo potencialmente os custos hospitalares a longo prazo. Esse aspecto é relevante em um cenário ondе os gastos com saúde podem ser um peso significativo para as famílias е para o
sistema de saúde”, afirma.

Também merece destaque, emenda, o reforço na atenção à saúde feminina, com quase o dobro de mulheres sendo atendidas com medicamentos para a osteoporose е anticoncepcionais, refletindo uma abordagem sensível ao gênero nas políticas de saúde.

“Isso é confirmado pelo aumento expressivo, em torno de 87%, na distribuição desses medicamentos, evidenciando uma demanda crescente e necessária”, destaca.

Mais municípios atendidos

Até então, o Farmácia Popular está presente em 4.515 municípios brasileiros, o equivalente a 81% das cidades do país, contando com quase 31 mil estabelecimentos credenciados, segundo dados do governo.

No Ceará, são 161 localidades alcançadas, ou aproximadamente 88% do total de municípios do Estado, o que o deixa acima da média nacional. Aqui, 548 farmácias operam com o programa.

No entanto, explica Madeira Neto, em 2024, a população será contemplada com um aumento na abrangência do Farmácia Popular, visto que o Ministério da Saúde já anunciou a meta de expandir o alcance da iniciativa para 93% de todo o território nacional.

Porém, apesar de serem louváveis os avanços no Farmácia Popular, trazendo expectativas positivas quanto ao seu futuro para a população, o gestor em saúde chama a atenção para a importância dessa expansão ser acompanhada por uma avaliação constante da eficácia е da sustentabilidade do programa.

“A integração com outras políticas de saúde, como o programa Mais Médicos, indica, por exemplo, um movimento em direção a um sistema de saúde mais integrado е universal”, conclui.

Fonte:Repórter Ceará

Sobre Sertão Midia

Veja Também

Gretchen recebe alta após cirurgia para retirada do útero: ‘Sem dor’

Após passar por uma cirurgia para a retirada do útero, Gretchen passa bem e já está de ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.