sexta-feira , 24 maio 2024
Home / Destaque / Kim é eleito presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Quixeramobim

Kim é eleito presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Quixeramobim

Francisco José de Sousa Pinheiro, popularmente conhecido como Kim, foi eleito no último sábado, 20 de agosto, como novo presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Quixeramobim (STRAAF). Agricultor, sindicalista, militante e educador popular, Kim tem uma trajetória extensa de lutas sociais.

Ele foi eleito em chapa única denominada de “Unidade, Experiência e Ação”, com 1799 votos. Kim iniciou os trabalhos em 2006, no Sindicato, como secretário de políticas agrícolas, desenvolvendo um trabalho de fortalecimento da política de acesso ao crédito para a agricultura familiar, e no período de 2010 a 2018 assumiu a presidência da instituição.

A posse da chapa eleita deve acontecer no próximo dia 23 de setembro.

Confira a composição da chapa eleita:

Edileuza Barros de Oliveira – Secretária Geral, Formação e Organização Sindical;
Antônio Oliveira Maciel – Secretário de Finanças;
Antonia Camila Pereira dos Santos – Secretária de Políticas Sociais e Jovens Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares;
Deuzimar Militão de Almeida – Secretário de Políticas Agrícolas;
Rogério Elias de Queiroz – Secretário de Políticas Agrárias e Meio Ambiente;
Maria Cilene Bernardo da Silva de Moura – Secretária de Mulheres Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares;
Rosângela Alves Sá – Secretária de Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares da Terceira Idade.

Fonte:quixeramobimagora

Sobre Sertão Midia

Veja Também

Faustão recebe alta após 47 dias internado, mas seguirá sob orientações médicas

Após 47 dias de internação, Faustão, como é conhecido Fausto Silva, recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira (12). O ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.