sábado , 18 maio 2024
Home / Destaque / Mais de 60 mil eleitores se preparam para irem as urnas neste domingo, em Quixeramobim

Mais de 60 mil eleitores se preparam para irem as urnas neste domingo, em Quixeramobim

Neste domingo, 2 de outubro, eleitores de todo país vão às urnas para escolherem o presidente, governador, senador e deputados estaduais e federais. Em Quixeramobim, 60.071 eleitores estão aptos a exercerem seu direito de cidadão. Em comparação às últimas eleições, realizadas em 2020, quando o número era de 58.944, o acréscimo no número de eleitores quixeramobinenses foi de 1.127.
O voto é obrigatório para brasileiras e brasileiros entre 18 e 69 anos e facultativo para pessoas analfabetas, que possuem 16 e 17 anos e 70 anos ou mais.
As seções eleitorais serão abertas às 8 horas e fecharão as 17h, de acordo com o horário de Brasília. Eleitores que já estiverem nas filas às 17 horas ainda poderão exercer o direito ao voto. Para votar, a pessoa deve apresentar um documento oficial com foto, não precisando estar com o título de eleitor.
Quem já teve a biometria coletada pela Justiça Eleitoral poderá utilizar as digitais como forma de identificação. No entanto, quem não realizou o cadastro biométrico poderá votar normalmente desde que esteja com o título de eleitor regular.
Mudanças de seções e locais de votação em Quixeramobim
 
A Justiça Eleitoral anunciou, na última sexta-feira, 23, mudanças de seções e de locais de votação para as Eleições 2022 em Quixeramobim. As alterações ocorrem na zona urbana e rural.
Matéria relacionada:
Fonte:quixeramobimagora

Sobre Sertão Midia

Veja Também

Faustão recebe alta após 47 dias internado, mas seguirá sob orientações médicas

Após 47 dias de internação, Faustão, como é conhecido Fausto Silva, recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira (12). O ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.