sexta-feira , 12 abril 2024
Home / Destaque / Malha D’água: Izolda sanciona lei de projeto que autoriza construção da adutora Banabuiú-Quixeramobim

Malha D’água: Izolda sanciona lei de projeto que autoriza construção da adutora Banabuiú-Quixeramobim

Para garantir efetivamente o abastecimento hídrico do Ceará, a governadora Izolda Cela sancionou, nesta quarta-feira, 28, a lei que autoriza a contratação de financiamento junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para a 2ª etapa do Projeto Malha D’água, que contempla a construção do Sistema Adutor Banabuiú (Sertão Central) com 599 km de extensão, fornecendo água para quatro sedes municipais e 29 sedes distritais da região dos sertões de Quixeramobim e Quixadá.

“Sancionei hoje a lei que autoriza a segunda etapa do Projeto Malha D’água. Com a contratação do empréstimo de 100 milhões de euros junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), investiremos em diversos projetos para o fortalecimento da segurança hídrica do Ceará, entre eles, a construção do Sistema Adutor de Banabuiú. Agradeço a todos os dirigentes da Secretaria de Recursos Hídricos e vinculadas pela parceria em prol dos cearenses”, destacou a governadora do Ceará, Izolda Cela.

Com um financiamento de € 100 milhões (cerca R$ 560 milhões), o Governo do Ceará vai investir no fortalecimento da segurança hídrica, energética e ambiental, com um planejamento integrado visando o desenvolvimento rural sustentável e o uso racional dos recursos hídricos em uma das áreas com o maior nível de criticidade no abastecimento.

“As próximas etapas do Malha D’água estão seguindo um planejamento com base na criticidade hídrica das regiões. O Malha D’água influencia tanto no abastecimento humano quanto na área produtiva dos municípios. A região escolhida para ser a segunda etapa inclui municípios com baixos aportes hídricos e baixo nível pluviométrico, o que garante que o Estado siga com a garantia hídrica satisfatória”, declarou o secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira.

De acordo com a lei de financiamento, o Governo do Ceará vai contribuir com a contrapartida de € 25 milhões de euros (cerca de R$ 140 milhões), visando a segurança e a gestão integrada dos recursos hídricos do Estado.

Sobre a 1º fase

Com o Malha D’água, o Estado vai adensar a rede de adutoras, considerando todos os centros urbanos cearenses, com captação realizada diretamente nos mananciais com maior garantia hídrica. A primeira fase do projeto contempla a construção do sistema Adutor Banabuiú – Sertão Central com quase 700 km de extensão (291,61 km de adutora principal e 396,48 km de ramais adutores), para fornecer água tratada para nove sedes municipais e 38 sedes distritais. O investimento é de R$ 643,3 milhões, com recursos do Governo do Ceará, obtidos por meio de contrato do Banco Mundial.

Fonte:Repórter Ceará

Sobre Sertão Midia

Veja Também

Romance entre Fiuk e Deolane Bezerra repercute na web e ganha comparação com outro casal famoso

Deolane Bezerra e Fiuk formam o novo casal do momento. O romance viralizou após eles serem vistos juntos, durante o ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.